sábado, 19 de junho de 2021

Bento Fernandes de Macedo, o honrado delegado de Barreto.


Assento de batismo de Bento, 18º filho de Bento Fernandes de Macedo. Fonte: Paróquia de Nossa Senhora do Livramento, Taipu / RN, Livro de assentos de batismos nº 8, pág. 34, assento 637.

 

BENTO FERNANDES DE MACEDO, filho legítimo de Lourenço Fernandes de Macedo e Anna Joaquina de Jesus, era natural do lugar Poço Limpo, que, à época, pertencia a cidade de São Gonçalo e, por vezes pertenceu à Macaíba (em função das alternâncias de São Gonçalo entre a soberania política e dependência de Macaíba), quando por fim, antes da sua emancipação, pertenceu à cidade de São Paulo do Potengi. Poço Limpo tornou-se sede do município de Ielmo Marinho que se elevou à categoria de município, pela lei nº 2909, de 28/08/1963, desmembrado-se de São Paulo do Potengi e instalando-se aos 26/01/1964.

Bento Fernandes de Macedo transferiu-se para o município de Taipu e radicou-se no lugar Riacho do Barreto, onde chegou a delegado de Polícia. Era ligado ao Partido Republicano, amigo do Coronel Felizmino Dantas, líder político da região.

Ao tentar debelar um tumulto, gerado por ocasião dos festejos religiosos ao Padroeiro de Barreto, em frente à Capela do Sagrado Coração de Jesus, foi assassinado por forasteiros. A repercussão do acontecido foi intensa e extrapolou as fronteiras do município. A comoção e revolta popular foram aos poucos dando lugar ao sentimento de orgulho pelo homem capaz de sacrificar a vida em defesa do lugar.

O Distrito de Barreto emancipou-se politicamente de Taipu, elevando-se à categoria de município com a denominação de Barreto, pela Lei Estadual n.º 2.353-A, de 31/12/1958, instalando-se a 01/01/1959 e, pela Lei Estadual n.º 3.506, de 16/10/1967, o município de Barreto passou a denominar-se Bento Fernandes, justamente em homenagem ao seu honrado delegado.

Bento Fernandes de Macedo casou-se em três núpcias e foi pai de dezoito filhos.

Casou-se em primeiro matrimônio com Isabel Maria da Conceição, filha de Lutherino Fernandes de Macedo e Maria Rosa da Conceição. Foram os pais de:

F.01     Hermínio Fernandes de Macedo, natural de Macaíba, nasceu no ano de 1876.

F.02     José Fernandes de Macedo, natural de Macaíba, nasceu no ano de 1877.

F.03     Maria da Cruz de Macedo, nasceu entre os anos de 1878 e 1879.

F.04   Lourenço Fernandes de Macedo, nasceu aos 24/08/1880 e foi batizado em Macaíba aos 26/08/1880.

F.05     Luzia Fernandes de Macedo, natural de Ceará Mirim, nasceu no ano de 1881.

F.06    João Fernandes de Macedo, natural de Macaíba, nasceu aos 08/07/1882 e foi batizado aos 09/10/1882.

F.07    Maria do Carmo de Macedo, natural de Ceará Mirim nasceu no ano de 1883.

F.08    Maria José de Macedo, natural de Taipu, nasceu no ano de 1884.

F.09    Francisca Fernandes de Macedo, natural de Taipu, nasceu no ano de 1885.

F.10    Manoel Fernandes de Macedo, natural de Ceará Mirim, nasceu no ano de 1886.

F.11  Maria (Fernandes de Macedo), natural de Macaíba, nasceu aos 05/09/1887 e foi batizada aos 12/06/1888

F.12     Maria Emília Fernandes, natural de Ceará Mirim, nasceu no ano de 1889

F.13     Maria Pia de Macedo, natural de São Gonçalo, nasceu no ano de 1891.

F.14     Maria das Neves de Macedo, nasceu no ano de 1893.

F.15     Cícero Fernandes de Macedo, nasceu no lugar Barreto, Taipu, aos 12/10/1894.

F.16     Maria das Dores Góes, nasceu no ano de 1897.

Bento Fernandes de Macedo, viúvo por falecimento de Isabel Maria da Conceição, casou-se em segundas núpcias, religiosamente em Barreto, aos 30/06/1908, no civil, em Taipu, aos 16/10/1908, com Melânia Augusta de Macedo, natural da cidade de Santa Cruz, nascida no ano de 1885, filha de Emydio Augusto do Nascimento e Umbelina Leopoldina da Câmara. (Melânia era cunhada de Maria das Neves Fernandes. Filha de Bento Fernandes). Desse matrimônio houve:

F.17  Maria (Fernandes de Macedo), nasceu em Barreto, Taipu, aos 15/11/1911 e foi batizada em Taipu, aos 16/01/1914.

Bento Fernandes de Macedo, viúvo por falecimento de Melânia Augusta de Macedo, casou-se religiosamente em terceiras núpcias, em São Paulo (do Potengi?), freguesia de Macaíba, aos 28/06/1914, com sua prima Luíza de Macedo, filha de José Fernandes de Macedo e Isabel Maria da Conceição. Foram os pais de:

F.18   Bento (Fernandes de Macedo), nasceu aos 03/09/1926; foi batizado na Capela de Barreto, Taipu, aos 24/12/1926.

Com relação às datas de nascimento e óbito de Bento Fernandes de Macedo, há conflitos de informações.

Bento Fernandes teria nascido no ano de 1848, conforme consta no site https://www.familysearch.org/wiki/pt/Bento_Fernandes,_Rio_Grande_do_Norte_-_Genealogia, porém, no assento do casamento civil com Melânia Augusta de Macedo, realizado em Taipu aos 16/10/1908, consta que o nubente tem 55 anos, portanto, nascido no ano de 1853, já no assento de casamento, em terceiras núpcias, com Luíza de Macedo, realizado aos 28/06/1914, consta que o nubente tem 63 anos, portanto, teria nascido no ano de 1851.

Com relação à data de óbito, o site https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/bento-fernandes/historico refere-se ao falecimento de Bento Fernandes como no ano de 1925, no entanto, o assento de batismo de Bento, seu último filho, consta que esse nasceu aos 03/09/1926 e foi batizado aos 24/12/1926. Como no assento de batismo de Bento não constar óbito do pai, há de se crer que Bento Fernandes de Macedo não tenha falecido antes de dezembro de 1926.

 

Fontes:

Araújo, Manoel Nazareno Nogueira de. História de São Gonçalo – Edição Comemorativa

Bento Fernandes, Rio Grande do Norte – Genealogia, https://www.familysearch.org/wiki/pt/Bento_Fernandes,_Rio_Grande_do_Norte_-_Genealogia, acessado em 18/junho/2021.

Brasil / Rio Grande do Norte / Bento Fernandes, https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/bento-fernandes/historico. Acessado em 18/junho/2021.

Brasil / Rio Grande do Norte / Ielmo Marinho. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/ielmo-marinho/historico. Acessado em 18/junho/2021.

Livros de assentos de nascimentos, casamentos e óbitos, das Paróquias de: Ceará Mirim, Macaíba, Natal e Taipu. Disponível em: https://www.familysearch.org/search/catalog - Acesso em 19junho/2021.

Livros de registros civil de nascimentos, casamento e óbitos dos Cartórios das cidades de: Ceará Mirim e Taipu. Disponível em: https://www.familysearch.org/search/catalog - Acesso em 19/junho/2021.

São Gonçalo do Amarante (Rio Grande do Norte) – Wikipédia. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Gon%C3%A7alo_do_Amarante_(Rio_Grande_do_Norte) Acesso em 19/junho/2021.

Por Arnaldo Eugenio de Andrade, 19/06/2021.

 

6 comentários:

  1. Muito bom trabalho de pesquisa Arnaldo. O Almanaque Laemert cita Bento Fernandes de Macedo criador do município de Taipu até o ano de 1927, mas também há dúvidas pois o referido Almanaque repete sucessivamente informações de anos anteriores, pois os intendentes não atendendo as solicitações da referida publicação não enviava as informações atualizadas do município.

    ResponderExcluir
  2. Bem lembrado Caro João, e, neste caso, são dois anos de diferença entre as informações do Almanaque e o suposto falecimento de Bento Fernandes em 1925.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom... Leio os blogs de vcs dois... gostaria que me passagem vossos contatos... sou de Bento Fernandes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Joab! Meu E-mail é: arnaldoeugenioandrade@gmai.com; Zap - 991150496.

      Excluir
  4. Muito bom trabalho, sou Bisneto de Bento Fernandes e Neto da filha de nome Maria Pia. Eu tinha algumas informações fragmentadas que em grande parte batiam com as suas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, João Fernandes! Obrigado pelo comentário; caso tenhas informações a complementar, peço nos enviar.

      Excluir

Da passagem de João da Maia Gama, a serviço do Rei, por Taipu.

  DIÁRIO DA VIAGEM DE REGRESSO PARA O REINO, DE JOÃO DA MAIA GAMA, E DE INSPEÇÃO DAS BARROS DOS RIOS DO MARANHÃO E DAS CAPITANIAS DO NORTE...