sexta-feira, 31 de dezembro de 2021

O Sacristão K-Ximbinho


Sobre Sebastião Barros, nosso K-Ximbinho, um fato pouco divulgado é que ele foi sacristão da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Livramento, de Taipu, conforme informa o Almanak Laemmert, edição de 1929.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2021

Santa Cruz

 
Santa Cruz, Campeão Municipal de 1995 - Imagem: acervo do Santa Cruz

 

Santa Cruz, do Arisco dos Barbosa, Campeão Municipal de 1995, tinha como técnico o saudoso Elviro, um dos grandes desportista da cidade.

sábado, 18 de dezembro de 2021

Seu Celso e Dona Elza

Seu Celso Alves da Rocha e sua esposa Dona Elza Moraes da Rocha - Imagem: acervo pessoal de Margarete Bandeira.

 

CELSO ALVES DA ROCHA, filho primogênito do casal Adão Marcelo da Rocha e de Luiza Querubina do Nascimento, nasceu em Taipu aos 18/07/1915; casou-se com Elza Moraes da Rocha, filha de Antônio Miguel Filho e de Maria Regina Soares; do matrimônio de Seu Celso e Dona Elza brotaram os filhos: Ana Maria, Antônio Moraes, Elza, Lúcia de Fátima e Walquíria.

Seu Celso, além de bem sucedido fazendeiro, foi o maior comerciante de Taipu, na primeira metade da década de 1970; o comércio, era o que hoje chamamos de Atacarejo, ou seja: vendia no atacado e no varejo; em relação ao seguimento comercial, vendia de tudo, como se dizia na época: armarinho, cereais, bebidas, materiais para construção; produtos farmacêuticos; combustíveis; secos e molhados. O prédio do comércio de Seu Celso, no largo do Mercado Público, que segundo ouvi do meu pai, serviu primeiramente à usina de descaroçamento de algodão de Theophilo Furtado, continua ainda hoje, com muito da preservação original, como testemunha da imponência da época.

Seu Celso também participou da política, foi vereador e candidatou-se a vice prefeito no pleito de 07/12/1952, tendo como companheiro de chapa Antônio Soares da Rocha (não confundir com o sogro Antônio Alves da Rocha); a chapa não saiu vitoriosa naquele pleito, perdendo para os concorrentes Tamires Miranda e Gabriel Campos.

Na manha do dia 23 de dezembro de 1976, aos meus 14 anos, estudante em Ceará Mirim, assim como toda Taipu, fomos surpreendidos pelo noticiário dos rádios que davam conta do falecimento de Celso Alves da Rocha, tio do deputado Magnus Kelly; o jornal “O Poti”, na edição nº 02146, divulgou o seguinte:

O comerciante Celso Alves da Rocha, 61 anos, que residia à rua Coronel Eugênio, 582, em Taipu, ingeriu grande quantidade de formicida marca Andrex, diluída em água. Chegou a ser socorrido por familiares, mas morreu quando era transportado para o hospital Walfredo Gurgel.

O corpo, depois de examinado pelos legistas da polícia, foi levado para a cidade de Taipu, onde ocorreu o sepultamento na tarde de ontem.

A vítima, tio do deputado Magnus Kelly, era comerciante naquela cidade. O fato aconteceu em sua própria residência e os familiares nada sabem explicar, pois o mesmo, além de não deixar nenhuma carta ou bilhete, não se encontrava em dificuldade financeira.


sábado, 11 de dezembro de 2021

Família BARBOSA DA SILVA

Arquivo PDF - Click aqui 

 

Cesarino Barbosa da Silva, bisneto de João Barbosa da Silva e Clementina Maria da Conceição, aos 79 anos, um guardião da memória do Barbosa da Silva - Imagem: o autor

segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Sepultamento de Antonino Eugenio de Andrade

Registro do sepultamento de Antonino Eugenio de Andrade - Imagem: acervo pessoal do autor

Antonino Eugenio de Andrade, filho de Vicente Eugenio de Andrade e de Theodora Maria do Espírito Santo; natural de Taipu, nasceu aos 05/11/1882 e foi batizado aos 22/11/1882, tendo como padrinhos José Ferreira de Miranda Câmara e Maria Antônia da Câmara; casou-se em Taipu aos 20/01/1917 com sua prima legítima Cecília Maria de Andrade, natural de Taipu, nascida no ano de 1896, filha legítima de Antônio Pedro de Melo e Joana Maria da Conceição; Antonino faleceu em Taipu aos 13/02/1966.


 

domingo, 5 de dezembro de 2021

Escola Adão Marcelo - Turma Concluinte 1990

 Imagens: Acervo da Professora Ana Maria Alves da Rocha

À esquerda, a turma formandos de 2º grau da Escola Adão Marcelo da Rocha, à direita, a então diretora, Professora Ana Maria Alves da Rocha.

Alguns dos formandos: 

Aracélia, Arimateia, Cristóvão Oliveira, Cristóvão Santos, Deusimar Varela, Elinete Vieira, Francisco (Tico Professor), Hélio, Josânia Araújo, João Maria, Leda Costa, Luciene, Micheline Santiago, Sandra Pinheiro, Val Rocha, Wagner Miranda.

Quem escala os demais formandos?

FAMÍLIAS TAIPUENSES DESCENDENTES DE URUAÇU

  Estêvão Machado de Miranda, casado com Bárbara Vilela Cid, filha de Antônio Vilela Cid e Ignês Duarte, eram os pais de três filhas, duas...