sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Um pouco da família Cavaco, de Taipu

Maria Salomé Silva e João Timóteo de Oliveira - Fonte: Arimatéa Silva, publicada do Grupo do Facebook - Filhos e Amigos de Taipu.


O registro mais remoto que encontrei da família Inácio da Silva, mais conhecida por “Cavaco”, é o assento de casamento, realizado na Freguesia de Ceará Mirim, de Joaquim Xavier da Silva Cavaco com Ana Joaquina da Conceição, datado de 15/09/1864, conforme transcrevo a seguir:

Aos quinze de Setembro de mil oitocentos e sessenta e quatro, pelas quatro horas da tarde, em meu Oratorio privado uni em solene Matrimonio a Joaquim Xavier da Silva Cavaco e Ana Joaquina da Conceição, elle filho legítimo de Sebastião Xavier da Silva Cavaco e Juliana Thereza (o que leio) de Jezus, e ella filha legitima de Antonio Roque da Silva e Anna Maria da trindade, e lhes dei as bençãos nupciais, sendo testemunhas João freire da Silva Romeiro e Estevão José Dantas. Do que, para constar, mandei fazer este assento em que me assigno. Vig. Encam. Luiz da Fonseca Silva. (Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, Ceará Mirim – RN, Livro de Assentos de Casamentos nº 4, do ano de 1864 ao ano de 1873, pág. 14, acesso via https://www.familysearch.org/ark).

Do nubente Joaquim Xavier da Silva Cavaco, pelo assento de casamento e outros documentos encontrados, foi possível identificar:

Os pais:

Sebastião Xavier da Silva Cavaco e Juliana Thereza de Jesus.

Filhos:

Maria, nasceu aos 23/09/1876 e foi batizada na Freguesia de Ceará Mirim aos 08/11/1876, sendo seus padrinhos Francisco Gomes de Almeida Souza e Thereza [?] Brasileira. (aparece os nomes dos pais como Joaquim Sebastião da Silva Cavaco e a mãe, Ana Maria Conceição).

Felismina, nasceu aos 18/11/1881 e foi batizada no Catolé, Freguesia de Ceará Mirim aos 12/01/1882, sendo seus padrinhos Miguel Ferreira Xavier e [] Francisca Xavier (aparece o nome da mãe Joaquim Maria de Mendonça).

Do ramo conhecido da família Cavaco, de Taipu, com grande predominância na Marizeira, e vários entrelaçamentos matrimoniais com as famílias Silva de Carvalho e Timóteo de Oliveira, cheguei à genealogia que apresento a seguir:

Antônio Inácio da Silva, casou-se com Maria Joaquina da Silva (Maria Inácia da Silva), e foram os pais de:

F1 - Joaquim Inácio da Silva (Joaquim Cavaco), que é citado pelo General Francisco Gomes da Costa com funcionário do seu pai, o Coronel João Gomes da Costa, na Fazenda Pitombeira; Joaquim Cavaco casou-se com Maria Dina Conceição da Silva, filha de Vicente Pedro da Silva e de Maria Isabel da Silva. Foram os Pais de:

N1 - Maria Salomé Silva, nasceu no lugar Logradouro, Taipu, aos 28/02/1906; casou-se civilmente em Taipu, aos 13/12/1927, com João Timóteo de Oliveira, nascido no ano de 1902, filho de Manoel Timóteo de Oliveira e de Maria Luíza de Oliveira.

N2 - Isabel Isaura de Oliveira, nasceu no lugar Logradouro, Taipu, aos 21/03/1907; casou-se religiosamente na Igreja Matriz de Taipu, aos 02/05/1925, com Francisco Timóteo de Oliveira, nascido aos 18/02/1898, no lugar Jurema, Taipu, filho natural de Joana Maria da Conceição.

N3 - Manoel Joaquim da Silva (Manoel Inácio da Silva ou Manoel Cavaco), nasceu no lugar Logradouro, Taipu, aos 18/04/1913, casou-se na Capela de Barreto, Taipu, aos 06/01/1936, com sua prima legítima Maria Dolores Fernandes da Silva, filha de João Fernandes de Macedo e de Regina Fernandes de Macedo; Dona Maria Dolores Fernandes da Silva era neta, pela parte paterna, de Bento Fernandes de Macedo, o ex delegado que dá nome à cidade de Bento Fernandes.

N4 - Antônio Inácio da Silva (Antônio Cavaco), nasceu no lugar Logradouro, Taipu, aos 05/09/1915; casou-se na Igreja Matriz de Taipu, aos 31/10/1937, com sua prima legítima Ana Silva de Carvalho, filha de Joaquim Silva de Carvalho e de Maria José da Silva.

Antônio Inácio da Silva casou-se em segunda núpcias com Francisca Amélia da Câmara, filha de Antônio Juvêncio da Câmara e de Zeferina Amélia da Câmara.

N5 - Raimunda Isaura da Silva, nasceu no lugar Logradouro, Taipu, aos 30/07/1923.

F2 - Maria José da Silva, nasceu no ano de 1888; já casado religiosamente, casou-se civilmente Taipu, na Casa da Intendência Municipal, aos 31/12/1916, com Joaquim Silva de Carvalho, nascido no lugar Marizeira, Taipu, aos 17/01/1890, filho de Francisco Silva de Carvalho e de Ana Maria da Conceição. Foram os pais de:

N.06 - Expedito Silva de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, 08/01/1912; casou-se civilmente no lugar Marizeira, aos 14/06/1939, com Minervina Silva de Melo, natural de Taipu, nascida aos 05/01/1916, filha legítima de Bernardino Ignácio de Mello e de Amália Silva de Mello.

N.07 - Pedro Silva de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 08/02/1913 e faleceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 11/02/1935. Solteiro.

N.08 - Maria Silva de Carvalho, nasceu aos 08/07/1917 e foi batizada na Igreja matriz de Taipu aos 07/10/1917, sendo seus padrinhos João Rodrigues da Silveira e Júlia Rodrigues da Silveira; casou-se religiosamente na Igreja Matriz de Taipu, aos 21/06/1935, com Antônio Rodrigues da Silveira, filho de João Rodrigues da Rocha (ou da Silveira) e de Júlia Rodrigues da Silveira.

N.09 - Arlinda Silva de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, nasceu aos 22/08/1918 (08/08/1918 pelo assento de batismo) e foi batizado na Igreja Matriz de Taipu aos 16/03/1919, sendo seus padrinhos Hermetério Fernandes e Alice Fernandes.

N.10 - Ana Silva de Carvalho, nasceu aos 24/141/1919 e foi batizada na Igreja Matriz de Taipu aos 04/04/1920, sendo seus padrinhos Miguel Severiano da Câmara e Margarida Rodrigues da Câmara; casou-se religiosamente na Igreja Matriz de Taipu, aos 31/10/1937, com seu primo legítimo Antônio Inácio da Silva, nascido no ano de 1914 (já citado nos filhos de Joaquim Ignácio da Silva e de Maria Dina da Silva).

N.11 - José, nasceu aos 14/07/1921 e foi batizado em Taipu aos 21/11/1921, sendo seus padrinhos Antônio Juvêncio da Câmara e Zeferina Amélia da Câmara.

N.12 - Luíza Silva de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 22/06/1924 e foi batizada na Freguesia de Taipu aos 13/06/1924, sendo seus padrinhos Manoel Rodrigues da Silveira e Maria Rodrigues da Silveira.

N.13 - Maria do Carmo de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 09/03/1926; casou-se civilmente em Taipu, aos 26/10/1948, com José Silva de Carvalho, filho de Francisco Silva de Carvalho Sobrinho e Elvira Maria da Silva.

N.14 - Isabel Sobrinha de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 14/08/1927.

N.15 - Elias Silva de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 16/08/1929.

N.16 - Antônio Silva de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu. (a data de nascimento aparece rasgada do registro civil).

N.17 - Manoel Silva de Carvalho (o nome foi ratificado para Manoel da Silva), nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 10/02/1915; casou-se em Taipu, religiosamente aos 15/06/1943, civilmente aos 18/11/1943, com Laura Rodrigues da Silveira, natural de Taipu, nascida aos 30/05/1921, filha de João Rodrigues da Silveira e de Júlia Rodrigues da Silveira. Os nubentes foram dispensados do parentesco de 2º grau lateral simples – primos legítimos.

F3 - Geracina Amélia da Silva, nasceu no ano de 1881; cassou-se religiosamente a 01/04/1905, em oratório privado, no lugar Marizeira, civilmente, no dito lugar Marizeira, em casa de sua própria residência, aos 22/10/1905, com Francisco Silva de Carvalho, viúvo por falecimento de Ana Maria da Conceição, filho de Manoel Silva de Carvalho e de Ana Joaquina das Neves. Os nubentes eram parentes em 3º grau, pelo código Civil, e pelo código canônico, 3º grau atingindo ao 2º e 4º grau atingindo ao 2º. Francisco e Geracina foram os pais de:

N.18 - João Silva, nasceu no ano de 1906 e faleceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 11/01/1907, com um mês e onze dias de idade.

N.19 - Maria Silva de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 19/01/1907 e faleceu vítima de tuberculose, no lugar Gameleira, Taipu, aos 21/03/1937; casou-se Manoel Juvêncio Sobrinho.

N.20 - David Silva de Carvalho, natural de Taipu, nasceu a 01/04/1910; casou-se em Taipu, aos 30/07/1947, com Enedina Amélia da Silva, natural de Taipu, nascida aos 04/08/1914, filha de Manoel Antônio da Silva e de Maria Silva de Carvalho.

N.21 - Minervina, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 31/10/1911.

N.22 - Silvino Silva de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 03/11/1912.

N.23 - João Silva de Carvalho, natural de Taipu, nasceu aos 02/02/1914 e faleceu na mesma cidade, já viúvo, aos 24/09/2008; casou-se religiosamente na Igreja Matriz de Ceará Mirim aos 30/12/1937, e civilmente, em Taipu, aos 13/09/1945, com sua prima legítima Maria das Dores da Silva, natural de Taipu, nascida aos 14/04/1917, filha de Manoel Vicente da Silva e de Maria Conceição da Silva.

N.24 - Antônio Silva de Carvalho, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, aos 05/09/1916 e foi batizado na Matriz de Nossa Senhora do Livramento, de Taipu, aos 22/10/1916, sendo seus padrinhos Alfredo Leopoldo Raposo da Câmara e Maria de Paiva Câmara.

N.25 - Geraldo Francisco da Silva, nasceu no lugar Marizeira, Taipu, 28/05/1920 (24/05/1921 pelo assento de batismo) e foi batizado em Taipu aos 17/07/1921, sendo seus padrinhos Antônio Ribeiro de Paiva e Maria Cândida Ribeiro de Paiva; casou-se religiosamente na Igreja Matriz de Taipu, aos 16/05/1944, com Maria de Lourdes Câmara, nascida no ano de 1927, filha de José Juvêncio da Câmara e de Maria das Câmara.

Da relação de Antônio Inácio da Silva, tronco genealógico dos “Cavaco” de Taipu, com Sebastião Xavier de Cavaco, não encontrei documentos que atestem a ligação genealógica, no entanto, inclino-me a acreditar que Antônio Inácio da Silva seja filho de Joaquim Xavier da Silva Cavaco, neto, portanto, de Sebastião Xavier da Silva Cavaco.

Ainda encontrei, nos registros da paróquia de Nossa Senhora do Livramento e no Cartório Notarial de Taipu, documentos onde constam os nomes de João Inácio da Silva e Manoel Inácio da Silva, sem, no entanto, haver indicação da relação entre estes, e com Antônio Inácio da Silva. Há a possibilidade de que Antônio, João e Manoel sejam irmãos, tal confirmação fica como desafio para as próximas pesquisas.

 

Referência bibliográfica:

Gomes, Carlos Roberto de Miranda. Testemunhos – José Gomes da Costa. Natal / RN, 2002

Livros de Assentos de Nascimentos, Casamentos e Óbitos, das Paróquias de: Ceará Mirim e Taipu. Disponível em: https://www.familysearch.org/search/catalog - Acessados em 20/janeiro/2022.

Livros de Registros Civil de Nascimentos, Casamento e Óbitos, dos Cartórios Notarial das cidades de Ceará Mirim e Taipu. Disponível em: https://www.familysearch.org/search/catalog - Acessados em 20/janeiro/2022.

 

Por Arnaldo Eugenio de Andrade, 21 de janeiro de 2022

terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Eugenio de Andrade e Vitorino de Andrade, mesma origem genealógica

Alexandre Vitorino de Andrade (ou Alexandre José de Andrade, conforme consta no seu assento de casamento em primeiras núpcias), filho de Vitorino José de Andrade e de Faustina Maria do Espírito Santo, viúvo por falecimento de Maria Inácia da Conceição, casou-se em segundas núpcias, aos 06/05/1879, na Igreja Matriz de Ceará Mirim, com Francisca Maria de Andrade, filha legítima de Eugenio Pereira de Andrade e de Maria Joaquina das Candeias; consta no assento de casamento que os nubentes foram dispensados dos impedimentos por parentesco em segundo grau igual, ou seja, eram primos legítimos, assim, constata-se que Eugenio Pereira de Andrade e Vitorino José de Andrade eram irmãos; sendo os nubentes primos legítimos, tinham avos em comuns, que eram João José de Azevedo e Theodora Maria da Conceição; a esses avós em comuns, cheguei pelo assento de casamento de Eugenio Pereira de Andrade com Maria Joaquina das Candeias, realizado no Sítio Russo Velho, Freguesia de Sant'Ana do Matos do Assu, aos 23/05/1838. 

João José de Azevedo e Theodora Maria da Conceição eram meus 4º avos, pela linhagem de Eugenio Pereira e Maria Joaquina.

 

Assento de casamento de Eugenio Pereira de Andrade com Maria Joaquina das Candeias, cerimônia realizada no Sítio Russo Velho, Freguesia de Sant'Ana do Matos do Assu, aos 23/05/1838 - Fonte: Livro de Assentos de Casamentos da Paróquia de Santana do Matos, Livro nº 2, do ano de 1833 ao ano de 1857, pág. 45.


Diração do Santa Cruz, anos de 1980

 Direção do Santa Cruz, anos de 1980 - Imagem: acervo do Santa Cruz

Uma recordação da direção do Santa Cruz, Arisco do Barbosa, 1ª metade da década de 1980, em frente ao antigo Estádio Prefeito Geraldo Lins - Geraldão; A bandeira  verde, vermelha e branca, cores que representavam o Santa Cruz, à época; Da esquerda para a direita: Marcos Barbosa, Agripino (in memoriam), Arnaldo Eugenio, Dimas Calisto e Sebastião Ferreira.

 

Da passagem de João da Maia Gama, a serviço do Rei, por Taipu.

  DIÁRIO DA VIAGEM DE REGRESSO PARA O REINO, DE JOÃO DA MAIA GAMA, E DE INSPEÇÃO DAS BARROS DOS RIOS DO MARANHÃO E DAS CAPITANIAS DO NORTE...